sábado, março 5

Tentei redimir-me...

dentro da medida do possível, e tendo em conta a dimensão dos estragos..!



A intensidade do exercício foi bastante reduzida pois tenho feito bike todos os dias e sinto já uma grande exaustão muscular, para além disso, tenho um problema grave nos joelhos, mais acentuado no direito, que se chama hiperpressão externa da rótula. Trata-se de um síndroma doloroso que ocorre nos tecidos moles e resulta de mudanças adaptativas do retináculo lateral ou, em algumas situações, de alterações na cartilagem articular da rótula (é o meu caso) (Marzo et ai, 1994). A flexão do joelho promove a tensão sobre as estruturas laterais e pode causar a compressão de pequenos nervos, resultando em dor (Fulkerson et ai., 1985). Quando esta síndroma surge por alterações da cartilagem articular, o paciente tem tendência a experimentar crepitação com o movimento.

Já tive cirurgia marcada há 8 anos, mas como tinha 20 anos, e depois de consultar vários ortopedistas, cheguei à conclusão que ninguém me dava garantia de sucesso, e tive na altura conhecimento de uma situação de uma senhora que teve que ser operada 4 vezes!!! Para além disso, teria que ficar um mês imobilizada, e fazer pelo menos 6 meses de fisioterapia... e a cirurgia era em Junho. Fiquei borradinha de medo e "basei" para os Açores de férias (estava na faculdade), pelo que a operação foi adiada... até hoje! Sei que mais cedo ou mais tarde terei que operar, mas quanto mais tarde melhor, apesar das dores recorrentes, já não tenho episódios de dor extrema, em que a rótula faz um movimento anormal, parecendo que sai do sítio normal, o que provoca dores horríveis, um grande inchaço do joelho e vários dias sem conseguir fazer pressão sobre o joelho. Devido a esta situação evito fazer determinadas actividades, com medo de me magoar. Supostamente deveria usar uma joelheira com controlo lateral da rótula, até já tive uma, mas ao praticar desporto e transpirar aquilo provocava-me uma irritação terrível na pele, pelo que desisti.

Este testamento para dizer que, apesar de me sentir bastante cansada, passei 88 minutos na bicicleta, pedalei 48 km, e teoricamente (não acredito) gastei 657kcal. Se foram 600 kcal ou apenas 2 kcal não me interessa, o que é certo é que me sinto muito melhor agora, e pronta para retomar o regime sem deslizes.

Sei que amanhã de manhã a balança não vai ser motivadora, a menos que o guttalax actue durante a noite (se é que me faço entender), mas sou adulta, assumo os erros, e sigo em frente, na linha traçada para o sucesso!


1 comentário:

Pintainha Gordinha disse...

Faz um favor a ti própria e vai à farmácia entregar o Guttalax para a Valormed. Desaconselho completamente o uso de laxantes para o uso que lhes estás a dar, ainda para mais um laxante de contacto. Qualquer dia queres ir à casa de banho e não consegues sem tomar laxantes.

Não te massacres e tenta evitar as situações que te fazem comer mais ou descontroladamente (por exemplo: muitas horas sem comer). Força.

Beijinhos,
Pintainha Gordinha